Jaboticaba Preta

Minha foto
Uma mulher com coração de menina, tímida, extrovertida, corajosa, medrosa, criativa, sem noção, paciente, afobada, carinhosa, estúpida,entre outros adjetivos que surgem conforme o dia e a situação. Mas sou sempre filha, irmã, esposa e agora mãe!

sábado, 29 de outubro de 2011

A relação sogra-nora-cunhadas-concunhadas

Recebi este texto e resolvi compartilhar com vocês. O autor é desconhecido. Se souberem, favor me avisarem que darei os devidos créditos ;)



"Outro dia estava conversando com ela sobre isso, a relação sogra-nora-cunhadas-concunhadas e os conflitos que isso pode gerar. Ela me deu um conselho precioso, que recebeu de uma amiga mais velha, sogra de longa data:
Minha filha, quando a gente conversa com a nora (ou com a sogra, as cunhadas, parentas em geral), a gente tem sempre que dar prioridade a um assunto: a moda, as revistas de moda, os programas de TV de moda, os sapatos da moda…. Só preste atenção para nunca falar mal da roupa de ninguém, apenas das famosas mais óbvias… O negócio é só ficar comentando sobre a moda. É um assunto que toda mulher gosta e que dificilmente vai te colocar em situação de risco… Melhor ser considerada fútil do que ser considerada cobra, acredite em mim”. 
Esse tipo de conselho a gente guarda para a vida toda, não é mesmo?"

Fiquei pensando no texto e me pergunto. Será que a dica serve para a família internacional? Como é a relação de vocês com as sogras, cunhadas e concunhadas?

8 comentários:

Paula disse...

Acredito que essa dica não se aplica às sogras holandesas. Explico: para quem nem pinta o cabelo qdo os brancos aparecem e se deixa ficar com um ar de vovózinha desde cedo, falar de moda e outros assuntos ligados puramente à vaidade feminina parece coisa de outro mundo, concorda?

Acho melhor falar sobre o (mau) tempo. Ou de algum korting do folder semanal, aí sim vc fará sucesso!!! rsrs

Brincadeiras à parte, minha relação com a sogra é ótima. O único porém dela é não saber indentificar o limiar entre ser prestativa e ser invasiva. Coisa de mãe de filho único eu acho...
E a sua, como é?

beijocas, Paula

Adriana disse...

xi, comigo não ia dar certo. Iria dormir de roncar e babar com assunto, acho chato!
Acho que as sogras daqui não se metem muito não.
E eu acho legal essa de não pintar cabelo, de assumir a idade. Nunca pretendi fazer plástica, pintar cabelo e coisas assim (desculpas, Paula...rss).

bjs

Anita disse...

É melhor mesmo não entrar em assunto profundos. A relação com minha sogra é boa... educada, conversas sobre temas variados. Claaaro que muitas vezes temos opiniões diferentes, mas procuramos ficar dentro dos limites da sociabilidade. E sempre que ouço algo de que não gosto vindo da parte dela, procuro registrar isso para não fazer igual quando eu for sogra (um dia).

Tatiana disse...

Rsrs...realmente pode ser uma boa ideia!!
A minha sogra, e cunhada falam tanto que eu so preciso escutar (ou fingir que estou...rs), então nem preciso usar esse truque. Sem falar que so as vejo cada ano ou mais...rs...bom demais!!!
Bjks!!!

Luana disse...

Oi! Moro na Belgica, mas nao sou casada com estrangeiro, meu Maridon eh de terra brasilis.. =)

Mas eh muito interessante ler experiencias de outros brasileiros... =)

Anônimo disse...

Com sogra acho que da ate para discutir certos problemas da relacao afinal, como somos casadas com os filhos dela iremos entender o por que de muitas coisas, Muitos problemas que os homens tem ( alias que todos temos) vem da infancia, entao nada melhor se interar como foi a relacao dele com os pais.... claro que tudo com muita diplomacia...
Relacao cunhadas etcs.... acho melhor nao entrar em detalhes profundos nao, nem se abrir muito.
Eu ja vivi uma experiencia terrivel aqui na Austria. Falei sobre um problema que estava passando assim que me casei e minha cunhada falou para mim que era melhor eu voltar mesmo para o Brasil e que meu marido era confuso problematico, detonou com ele.... fiquei super chateada, ingenua falei para ele a situacao ai mesmo que ficou pior por que ele quiz tirar satisfacoes com ela...
Depois dessa confusao nunca mais falei absolutamente nada, quando me perguntam se estou bem eu digo que estou otima.... gracas a Deus ja se passaram 10 anos desse episodio.

Mona disse...

Já a minha é quase uma mae. Sao apenas 3 anos que estou com o caçulinha dela, e se for comparar a relacao dela com as outras noras, a nossa é ótima. Se ñ ela, eu jamais teria aguentado morar tao longe da minha família. Essa sim aguenta várias barras comigo.

Dani dutch disse...

Feliz Natal
bjuss