Jaboticaba Preta

Minha foto
Uma mulher com coração de menina, tímida, extrovertida, corajosa, medrosa, criativa, sem noção, paciente, afobada, carinhosa, estúpida,entre outros adjetivos que surgem conforme o dia e a situação. Mas sou sempre filha, irmã, esposa e agora mãe!

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Ainda não caiu a ficha!


Enquanto jaboticabinha dorme, aproveito para por o blog em dia.

Entonses, o ano de 2009 quase no final da reta, Jaboticabinha resolveu nascer. O danadinho escolheu uma das semanas mais caóticas desse inverno para nascer. Felizmente quando fomos para o hospital, o transito estava livre e o frio era ainda toleravel. Já quando saímos......Parecia que estávamos em Nárnia. Nunca vi tanta neve! Até falei para maridon: "Ué, não estamos em plena conferencia mundial sobre Global Warming?" Dai ele me respondeu: "É para você ver. Ninguém conhece a natureza tão bem assim. " Mas enfim. Ocorreu tudo bem e Jaboticabinha, que eu agora só chamo de pacotinho de algodão, nasceu forte e saudavel. Linnnnndo (típico de mãe coruja), não sei como se os pais são tão feios! :P

Sinceramente, até agora minha ficha não caiu. Será que sou mãe mesmo? Será que esse anjinho que dorme (quando não se arrebenta de chorar de fome, cólica ou porque a fralda ta suja) é mesmo meu filho? Será que ele vai me amar do mesmo jeito que eu amo minha mãe? E será que ele vai me perdoar por deixá-lo na creche (ainda não encontrei vaga...) quando minha licença maternidade acabar? Afêstruiz! Será que ser mãe de primeira viagem é só fazer perguntas do tipo..."Será? "

Bom, antes que ele acorde pedindo comida, aproveitem para ver a fotinha do rebento!

Beijocas da Jaboticaba!

11 comentários:

Dani dutch disse...

OI Jaboticaba, tudo bem?
Que coisinha mais linda da titia virtual... e que frio é esse...?
Ainda bem que quando vcs foram ao hospital não estava tão frio..
E Jaboticaba gostaria de saber sobre o parto como foi ?..

Eu também sou como vc, não tenho o meu ainda, mas tenho as mesmas perguntas.. bjusss

Lúcia Soares disse...

Oi, menina. Já vim por aqui algumas vezes, mas li um ou outro post, logo no início da sua gravidez.
Como é lindo o seu filhinho! Parabéns! E seja "mamãe coruja" mesmo, não dá pra ser diferente!
Nossa, serão sempre muitas perguntas que você se fará, ouvirá "mil" opiniões, às vezes achará que não vai conseguir dar conta de tudo, mas...dará e será muito gratificante! Beijo e fica bem, corujando o filhotinho e o marido!
(tem um blog ótimo,que só fala de crianças, talvez até o conheça. Se não, vale a pena ler. Elas são muito radicais quanto à amamentação e ao parto normal, mas vale a pena seguí-las:mamiferas.blogspot.com )

Jaboticaba Preta disse...

Obrigada Dani e Lúcia :) Dani, assim que der eu escrevo sobre o parto.

Beijocas pra vcs!!!

Ana Tereza Merger disse...

Oi Jaboticaba,
Meus parabéns pelo fofo! Que Deus o abençoe e que ele começe a fazer as noites logo! rsrsrs
Beijos pra você e para o algodaozinho.

Juliana e Thiago disse...

è lindo demais!!!!!!!!
nossa... mas que gostosura!!!!
como foi o parto?

PARABÉNS!! Estou encantada!

olhodopombo disse...

Jaboticaba,
esse negocio de colocar filhote em creche eu nunca vivenciei.Mas nos tempos deste atual mundo parece que não existe outra opção para as mulheres que querem tudo ao mesmo tempo, ne?A unica coisa que posso lhe desejar é que o Amor que você tem por ele seja sempre tão grande que ele ao senti-lo, o devolva na mesma proporção....

Holandesa disse...

Parabéééns!!!!! :)

Karla disse...

Oi Jaboticaba
é Karla lembra de mim?
Vim por aqui e olha o que eu vejo? Um menininho lindinho todo enrroladinho parece um pacotinho de algodão como voce mesma diz rsss parabens aos papais que agora so lambem a cria.
Beijos e abraços voltarei mais vezes pra acompanhar a jornada. Boa sorte e saúde pra todos voces.

Lucy [Blogs Bras. no Exterior] disse...

Olá Lindinho seu filho! Parabéns!

Jaboticaba Preta disse...

Holandesa, Karla e Lucy,

Muito obrigada! Beijos e voltem sempre por aqui :D

Beth Blue disse...

Achei seu blog através do blog da Anita e como vocês, também moro na Holanda. Mais especificamente, em Amsterdã.

Mas o que eu queria dizer mesmo é que estas perguntas são apenas o ínicio de uma longa jornada de ser mãe. Sei bem como é isso, meu filho completou 10 anos e até hoje tenho minhas dúvidas e preocupações. Só mesmo sendo mãe para entendermos aquele ditado que tanto ouvimos no Brasil: ser mãe é padecer no paraíso!!!

Dá uma olhada no meu marcador Filhos lá no meu blog, acho que vai gostar!

groetjes uit Amsterdam